História da Falcões

por Otto Engelking

No ano de 1977, um vendedor de seguros passando pelo centro de Santo André (quase em frente à estação de trem), viu uma placa que chamou a sua atenção, falando sobre uma arte marcial dos “homens voadores”.

Subindo as escadas observando fotos de apresentações e quebramentos de telhas, foi ouvindo o som de pessoas pulando e gritando até entrar no salão onde alunos trajando roupa branca executavam movimentos comandados por um coreano (Mestre Hur). Enquanto buscava entender todo aquele processo, o Mestre dirigiu-se a ele em tom de brincadeira:

- Tiro essa barriga em três meses, afirmou.

Essa frase foi decisiva para aquele vendedor de seguros ingressar no Tae Kwon Do e, passados três anos, tornou-se faixa preta desta academia com 41 anos de idade e, como teve tanto interesse, antes me…smo de se tornar 1° Dan, já tinha fundado a sua primeira academia no Bom Retiro.

No dia 21/12/1981, Claudio dos Santos Machado fundou a Academia Falcões juntamente com o seu sócio René Colla. Primeiramente, ele tinha visto um salão na Avenida Santo Amaro na altura do número 500, mas o negócio não deu certo e foi procurar mais próximo ao largo 13 de Maio, onde, na Rua Voluntários Delmiro Sampaio, conseguiu um bom acordo.

Mestre Cláudio Machado (ao centro, sem uniforme) e a equipe da Academia Falcões

Durante os próximos anos, René Colla foi o instrutor da Falcões e, nesta época, artes marciais estavam na moda, muitas pessoas tinham interesse em treinar e começou a formar uma equipe de jovens sonhadores que tinham grande força de vontade e sede para disputar campeonatos mas, em junho de 1984, desfizeram a sociedade. Foi quando Machado veio, em definitivo, para assumir a Academia e também foi a sua moradia desde então.

Muitas vitórias foram conquistadas: esta Academia tornou-se muito conhecida, a equipe sempre foi muito unida, grandes comemorações mas, passados os anos, cada um precisou tomar seu caminho. Hoje, passados 30 anos, esses alunos basicamente tem a mesma idade de quando o Machado era o responsável deste grupo: adultos, com responsabilidades e família, desilusões da vida e, olhando para trás, podem afirmar que mais valioso que os campeonatos e conquistas foi a grande amizade que tiveram juntos e mesmo que esta Academia não exista mais, ficou marcada em seus pensamentos os bons momentos que desfrutaram juntos.

Mestre Cláudio Machado entregando o certificado de 1o. Dan para o Sr. Eduardo Santos, ladeado, em primeiro plano, pelo Sr. Otto Engelking e, atrás, pelo Sr. José S. N. Claudino

No dia de hoje, eu faço uma pequena homenagem e agradecimento ao Machado, não só pela sua grande amizade, companheirismo e até as broncas que ele dava em nós, além das cervejas e risadas que demos muito mas, também, por ter fundado a Academia Falcões que sempre foi um sonho para ele, pois foi através dela que eu conheci os meus melhores amigos, amigos de luta, de treino, amigos nos bons e maus momentos de uma época tão importante, sendo o verdadeiro troféu que conquistamos.

Parabéns ao Pereira o número 2 de matrícula, parabéns a todos nós por esta data tão importante.

Um grande abraço a todos.

Ao centro, os Mestres Cláudio Machado e Djalma Santos

About these ads

7 Respostas

  1. Muito legal o registro Otto! Treinei na Falcões nos anos de 93 e 94 (na época com 11 anos) com o Nelson e Hélio Myamoto. Gostava muito da academia, uma pena eu não ter podido continuar. Lembro-me do papagaio figura que ficava ao fundo da academia, perto do saco de treinamento. Lembro-me também do meu 1º exame de faixas em que seu filhinho trajava um Quimoninho com sua faixinha preta… ehehehehe. Bons tempos…

  2. CARA FIQUEI SUPER EMOCIONADO, TREINEI COM VOCES EM 93 AJUDEI A FAZER A MUDANÇA DE UM
    A RUA PARA OUTRA EM SANTO AMARO VOCÊ AJUDOU NO DIA OS CARAS ME CHAMAVAM DE PARAIBINHA. VALEUUUUUUUUUUUUUUUU.

  3. Treinei também na década de 90 não pude continuar,não dava para conciliar com a escola entrei com meu melhor amigo na época o Renato ,sinto falta de mais fotos do interior da academia e dos alunos da época hoje com 40 anos incentivo meu filho de 9 anos a treinar eu amava tudo aquilo , se possível postem fotos e também do instrutor Nelson um japonês baixo mas muito exigente e determinado,cheguei a ir em um campeonato no Pq. do Ibirapuera onde lutou o Otto e meu chara Nelson os dois venceram eu estava ansioso para ver a luta do Nelson mas ele venceu por wo,por favor postem mais fotos preciso mostrar para meu filho e ensina-lo esta arte e como faz bem para o corpo e a mente.Nossa aula começava com as regras uma delas era nunca fazer mau uso do Tae Kwon Do.Um grande abraço a todos.

  4. Tenho muito orgulho de ter adquirido a faixa azul em 1990 e, saudade daqueles momentos de treinamentos, do campeonato e da apresentação dos melhores lutadores mundiais de taekwondo, em Ibirapuera, São Paulo. Me arrependi de ter parado de treinar mas, anos depois eu procurei a academia Falcões Taekwondo Center Clube Santo Amaro e não a encontrei mais. lembro muito bem do professor Nelson e o mestre Claudio machado, que na época ainda não era mestre.
    Um abraço a Claudio Machado, ao prof Nelson e aos demais que fizeram parte daquela academia.

  5. Tenho muito orgulho de ter adquirido a faixa azul em 1990, e saudade daqueles momentos de treinamentos, do campeonato e da apresentação dos melhores lutadores mundiais de taekwondo, em Ibirapuera, São Paulo.
    Arrependi-me de ter parado de treinar, mas anos depois eu procurei a academia Falcões Taekwondo Center Clube Santo Amaro e não a encontrei mais. Lembro muito bem do professor Nelson e o mestre Claudio machado, que na época ainda não era mestre.
    Um abraço a Claudio Machado, ao prof. Nelson e aos demais que fizeram parte daquela academia.

  6. Olá Otto, me emocionei em encontrar na internet esse relato.
    Treinei muito tempo na Falcões, na rua voluntários e posteriormente em uma outra rua em Santo amaro. Tenho fotos com você aqui na minha casa, sempre participada da sua aula de sábado com foco em competições. Recentemente fiquei sabendo de o Machado faleceu, fiquei triste.
    Um Grande Abraço!

  7. Ola!! Otto!! Que relato legal. Tenho saudades daqueles tempos, treinei com você o Nelson, e tantos outros, inclusive um amigo apelidado de “Farinha” lembra…kkk…uma figura…na época devia ter uns 17 anos. Recentemente voltei a treinar para incentivar meus filhos, como eu tinha parado na faixa vermelha, continuei a partir dela, e depois de 2 anos de treinos, passando pela ponta e Foom vou fazer o exame agora em dezembro para preta (tenho 41 anos agora). Nunca é tarde para continuar. Abraços!! Fiquei muito triste também pelo falecimento do Machado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 50 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: