Delimitação do campo profissional do Psicólogo do Esporte

por                      Daniel Bartholomeu

José Maria Montiel

Afonso  Machado

A psicologia do Esporte se constitui como uma vasta área tanto de atuação profissional como na produção de conhecimento, no entanto, ainda que sua denominação esteja vinculada a uma especialidade da psicologia, existem profissionais com diferentes formações interagindo nesse campo.Existindo assim, uma diferença significativa entre dois tipos de especialidade: psicologia clinica do esporte e psicologia educacional do esporte.

Os psicólogos clínicos do esporte são profissionais com formação em Psicologia tendo o direito a fazer psicodiagnóstico esportivo e praticar intervenções clínicas tanto para o atleta individualmente quanto em contextos grupais. Autorizados pelos conselhos esses profissionais recebem treinamento adicional em psicologia do esporte (pós graduação, aperfeiçoamento, cursos livres, etc.), para poderem atuar e intervir. A função dos psicólogos clínicos do esporte é essencial, pois alguns atletas e praticantes de exercícios físicos desenvolvem graves transtornos emocionais e necessitam de tratamento especial (Brewer e Petrie [ apud Weinberg & Gould 2001] pag. 30).

Já o psicólogo educacional do esporte é profissional com formação em Educação Física e estudam a psicologia do movimento humano, particularmente no que diz respeito a contextos esportivos e a exercícios físicos. A função deste profissional é de atuar sobre a produção de conhecimento, pesquisa, ensino da Psicologia do Esporte e desenvolvimento de instrumentos de avaliação.O psicólogo educacional do esporte que tem treinamento sobre técnicas mentais educam atletas e praticantes de exercícios em relação às habilidades psicológicas e seu desenvolvimento, tais como, controle de ansiedade, desenvolvimento de confiança, aperfeiçoamento da comunicação, etc.Esta é uma polêmica que se sucede no campo acadêmico, pois, se discute muito a questão relacionada com a formação do psicólogo do esporte e seus limites de atuação profissional. Ambos profissionais devem ter conhecimento profundo sobre a psicologia e a ciência dos esportes e exercício (Weinberg & Gould, 2001, p..31 e 32)

A principal distinção do campo de atuação destes profissionais diz respeito à intervenção, pois, ambos podem atuar na área acadêmica; desenvolvendo testes, ministrando palestra, mas cabendo, apenas ao psicólogo do esporte clínico a atuação e intervenção psicológica, principalmente no tratamento com atletas e praticantes de exercícios com transtornos emocionais.

Referências

WEINBERG, R., & GOULD, D. (2001). Psicologia do Esporte e do Exercício Físico –

2ª ed. Porto alegre: Artmed.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: