Taekwon-Do: separando o joio do trigo

por Eduardo Godoi

Prezados Leitores

O fato de se apresentar a um jovem, durante as aulas de história e já a partir do Ensino Fundamental, os crimes cometidos pelos Tribunais da “Santa” Inquisição, queimando pessoas e livros, não faz com que este jovem considere inválido todos os princípios éticos defendidos, hoje, pela Igreja Católica ou que despreze os bons atos de seus seguidores honestos. Da mesma forma, estudar e condenar o nazismo não torna um estudante antipático ao povo germânico nem diminui a sua admiração pelos exemplos de cidadania que colhemos da Alemanha, hoje. A importância de “passarmos à limpo” a história de uma instituição reside também na forte sugestão, para as gerações presentes e futuras, de que devemos evitar a todo custo cometer erros semelhantes aos cometidos no passado.

É por isto que, em artigos recentemente publicados neste blog e em uma série de outros textos que ainda pretendo trazer às telas, venho abordando os porões do Taekwon-Do ITF / Taekwondo WTF, seu passado sombrio envolvendo alguns líderes destas organizações em golpes de estado, atos de gangsterismo e corrupção, sequestros, torturas e assassinatos. Acredito fortemente que uma melhor compreensão do Taekwon-Do ITF / Taekwondo WTF como um fruto complexo da Guerra Fria contibuirá sobremaneira para o amadurecimento de suas instituições num momento histórico bem mais democrático do que aquele em que se desenvolveram os seus principais estilos. Particularmente, a descoberta de comportamentos bizarros de alguns Mestres e Instrutores através das pequisas históricas que venho realizando, não diminui nem um pouco a minha paixão pelo Ch’ang Hong Ryu Taekwon-Do.

Aos Mestres, com carinho

Quanto mais eu aprofundo os meus estudos sobre a história das Coréias e do Taekwon-Do ITF / Taekwondo WTF, mais eu valorizo os Mestres, Instrutores e Assistentes de Instrutor que conheci durante os anos em que estive filiado ao Taekwon-Do Harmonia e à Federação Brasileira de Taekwon-Do ITF. Participando de seus eventos e convivendo com seus Professores e Alunos, além de ter aprendido técnicas de combate de altíssima qualidade, pude testemunhar inúmeras vezes as verdadeiras posturas marciais baseadas nos princípios de nossa arte: Cortesia, Integridade, Perseverança, Autocontrole e Espírito Indomável.

Federação Brasileira de Taekwon-Do ITF

Taekwon-Do Harmonia

Se, hoje, caminho afastado destas instituições, é para tentar desenvolver modelos de gestão inovadores sem atrapalhar o funcionamento dos sistemas adotados presentemente e por necessitar de liberdade para publicar os resultados destas minhas leituras não ortodoxas.

Bons dias !!!

Boosabum Eduardo Godoi (3o. Dan)

Ch’ang Hon Ryu Taekwon-Do Brasil
Academia Shaolin – Louveira – SP
Rua Armando Steck, 294 – sala 2 – Centro

Uma resposta

  1. […] favor, leiam, também, o artigo “Taekwon-Do: separando o joio do trigo“, onde discuto a importância de “passarmos a limpo” a história do Taekown-Do […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: