Sabotage

por Laís Semis

Fundado em 1979 em Nova York, os Beastie Boys revolucionaram ao unir o rap ao hardcore. Arriscando num estilo originado da Jamaica e que se popularizou entre as classes mais baixas norte-americanas, os garotos judeus brancos MCA (Adam Yauch), Mike D (Michael Diamond) e Ad-Rock (Adam Horovitz), apesar de suas diferenças, com letras escrachadas e estilo malandro, conseguiram ganhar as ruas e serem respeitados tanto dentro do hip hop, quanto de outros estilos, perdurando além de sua década.

Beastie Boys

Beastie Boys

O álbum “Licensed to Ill”, de 1986, foi o primeiro disco de rap a alcançar o lugar de número um nas paradas, vendendo 720 mil cópias em seis semanas. Depois disso, os discos seguintes só consolidaram os Beastie Boys em um lugar em que ninguém mais os poderia tirar por suas conquistas e inovações dentro da música.

MCA, morreu em Maio de 2012, vítima de câncer aos 47 anos. Para homenagear o músico, o clássico vídeo do sucesso “Sabotage” (1994) ganhou interpretação infantil. Embora hoje “Sabotage” seja um dos clips mais famosos, sendo que a audição da música remete automaticamente a sequência de perseguição policial, no ano em que foi lançado acabou perdendo a premiação dos melhores do ano para “Cryin’” (Aerosmith) e “Everybody Cries” (R.E.M.).

A discografia conta com oito álbuns de estúdio, sendo que o último, “Hot sauce committee pt. 2”, foi lançado no ano passado. Os Beastie Boys ainda não declararam se pretendem continuar com a banda sem MCA, mas o fato é que um trio tão característico não poderia ser tão facilmente substituível.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: