O pensamento é um ímã

por Laís Semis

Vivendo do Ócio e de saudade da Bahia

O nome do último disco lançado pela banda baiana Vivendo do Ócio fala sobre a atração. Atração entre o pensamento e o que o universo e a vida conspiram pra trazer pra perto de você. Embora com um título desses se espere um álbum que contemplem ideias no sentido de positividade, “O Pensamento É Um Ímã” (2012) transparece diferentes sensações, percorrendo muitos caminhos nesse disco.

Surgida em 2006, a Vivendo do Ócio tem duas produções anteriores: “Teorias de Amor Moderno” (2008) e “Nem Sempre Tão Normal” (2009). Discos que já vinham traçando a boa direção dos ventos e o reconhecimento da banda; “O Pensamento É Um Ímã” apenas agressiva a consolidação destes baianos, deixando à mostra a serenidade do tempo que passou.

Entre os pensamentos sobrevoam 11 faixas, entre elas “Silas” (“se essa maré me der um caldo, é porque quis mergulhar de cabeça”), que cumpriu o papel de apresentar com um clipe o novo disco ao público, como um primeiro hit. Atenção para “Nostalgia” e toda sua saudade da Bahia e “O Mais Clichê”; esta última se ganha destaque pela musicalidade que explora o regional e que faz o “O Pensamento É Um Ímã” caminhar mais longe, por além das letras. A música é uma parceria com Dadi (ex-Novos Baianos e influência declarada da banda) que faz a linha de baixo de “O Mais Clichê”.

A banda tem uma característica pegada indie rock mas sem deixar de se render às brasilidades, o que dá a eles e ao disco um gostinho especial das boas bandas que surgiram nos últimos anos no país.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: