Poeta otimista: sangrando pelo sonho de viver

Por Laís Semis

Em meio à seu pop que sambou pelo MPB e pelo rock,  Luiz Maurício Pragana dos Santos seguiu firme na rota que traçou apesar do contra-gosto do pai. Foi há 31 anos que ele deixou de ser Luiz Maurício se pra assumir como Lulu Santos pelos palcos.

Apesar de essencialmente pop desses bem que reúnem multidões híbridas (da nova geração até às vovós de plantão), Lulu Santos também carrega em sua carreira os vestígios das suas mais variadas experiências durante essas quatro décadas de envolvimento com a música. História de entrega que começou formando uma banda aos 12 e fugindo de casa alguns anos mais tarde pra percorrer o país na companhia de hippies, passando por uma (no mínimo inusitada) banda formada ao lado de Ritchie e Lobão.

Imagem

O cantor logo seguiu carreira solo, enquanto o jornalista Nelson Motta, Gilberto Gil e Antônio Cícero entre outros nomes passaram em sua história ocupando o lugar de parceiros de composições. Daí pra frente não parou mais de produzir álbuns que desde o título remetem à bagagem pesada que ele traz: do primogênito “Tempos Modernos” (1982) às dois Acústicos (2000 e 2010), passando por “Tudo Azul” (84) e “Assim Caminha a Humanidade” (94).

Mas desde que partiu em suas andanças, nem só de fazer música viveu Lulu, embora nunca tenha a deixado de lado nos outros trabalhos que realizou. Ele já foi jornalista free-lancer, trabalhando como colunista, resenhando álbuns e como funcionário de gravadora.

É sem perder o tom da realidade que Lulu Santos há 30 anos dissipa seus hits românticos com a mesma energia de 1980. Suas vendas somam 7 milhões de discos – e a principal característica de seu público é ser atemporal.

Ele, o hitmaker carioca, que nunca foi o rei do baião, continua emplacando seus álbuns e chamando gente pra dançar, sem deixar o tempo abater sua popularidade e o respeito da crítica – a marca que fica indicando que o tempo passou pra ele são apenas os cabelos sem cor.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: