Monkemania

 

Por Laís Semis

8a28cabd568c0de944d29d725b4a3444

 

O nome da banda foi herança do pai do baterista Matt Helders, que na década de 70 integrava um grupo chamado assim. Antes, em 2001, formada entre vizinhos e amigos de escola, eles costumavam tocar covers e atender por “Bang Bang”, mas investindo em composições próprias, um sopro indie, em 2003, no país da Rainha os levou em direção da distribuição das demos e assolados pela onda do MySpace, os próprios fãs se deram o trabalho de divulgar e compartilhar o trabalho inicial, disponibilizando as músicas para download no site.

“We’re Arctic Monkeys, these is ‘I Bet You Look Good On The Dancefloor’ and don’t believe in hype”. O recado claro no início do vídeo de um dos primeiros hits da banda mais hype da última geração abria uma pancadaria que também vinha estampada no título do álbum “Whatever People Say I Am, That’s What I’m Not” (2006). Apesar de moderninho, street rock, eles trouxeram influências do rap e de bandas como Led Zeppelin e Queens Of The Stone Age consigo mais do que os companheiros que dividiram o indie 00 com os Arctic Monkeys, como Franz Ferdinand, Libertines ou mesmo Strokes.

O sucesso “gigantosco” de uma geração esteticamente trabalhada para parecer mais “suja”, largada – mas aceitável dentro de qualquer casa, por uma leva cada dia mais conectada mas que também não abandonou o espírito rock’n’roll, os festivais e a ânsia por novidades musicais – mas agora de uma forma mais atualizada – que vazam na internet antes de alcanças às prateleiras das lojas ou mesmo os cliques de compras virtuais. Mas os Macacos Árticos também entendem essa ânsia porque fazem parte dessa mesma geração e, por isso, os próprios também disponibilizam alguns materiais antes do “oficial” chegar porque além de não ser possível lutar contra esse movimento, eles querem, antes de tudo, serem ouvidos.

2c549b910728d9a39b2d8427de9ae8ca

Apesar do bum que muitas bandas não conseguem segurar, eles não deixaram a peteca cair depois do primeiro grande álbum. “Favourite Worst Nightmare” (2007) passou a “maldição do segundo disco”, conseguindo segurar as expectativas de quem teve uma estreia bombástica e repetiu o sucesso emplacando o superhit “Fluorescent Adolescent”.

Entre um lançamento e outro, eles ainda tiveram tempo pra encomendar um EP, o famoso “Who The Fuck Are Arctic Monkeys?”, que também marcou a substituição de seu baixista Andy Nicholson por Nick O’Malley. E a trajetória seguiu-se firme: “Humbug” (2009), uma produção mais sóbria e madura ao mesmo tempo que sombria e “Suck It and See” (2011), mais lírico, reflexivo e suave sem deixar o quê de Arctic Monkeys frenético pra trás.

54343d5892cc9dda44b3c0a7a1645a6a

Agora, os Arctic Monkeys se preparam para lançar seu novo disco, que singelamente leva o título de “AM”, trazendo 12 faixas nesse seu quinto álbum. A banda vem disponibilizando algumas das faixas do trabalho que tem previsão para ser lançado no início de Setembro. Confira:

01 – “Do I Wanna Know?”

02 – “R U Mine?”

03 – “One For The Road”
04 – “Arabella”
05 – “I Want It All”
06 – “No. 1 Party Anthem”
07 – “Mad Sounds”
08 – “Fireside”
09 – “Why d You Only Call Me When You re High?”

Ouça a canção aqui!

10 – “Snap Out Of It”
11 – “Knee Socks”
12 – “I Wanna Be Yours”

Além disso, também já é possível garantir o “AM” através da pré-venda pelo site. Josh Homme (Queens of the Stone Age), Pete Thomas, John Cooper Clarke e Bill Ryder-Jones fazem participações nesse disco que, segundo Alex Turner, o bandleader, soa como Dr. Dre. Sobre o disco, Homme, entre elogios revelou uma faceta dançante do que vem por aí.  Na verdade, ele retribui a participações, já que Turner também marcou presença no disco do Queens OTSA , “Like Clockwork ”, lançado mês passado.

1069815_10151555713635967_265246240_n

Capa de “AM” que tem previsão de lançamento para o dia 9 de setembro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: