Won Hyo: introdutor do budismo na dinastia Silla ?

por Eduardo Godoi

Prezados Leitores

No volume 9 da obra Legacy (enciclopédia do Taekwon-Do publicada pelo fundador da ITF, General Choi, Hong Hi, nos anos 80 do século XX, com o auxílio do governo norte-coreano), encontramos a seguinte texto sobre o monge budista Won Hyo:

WON HYO: was the noted monk who introduced Buddhism to the Silla Dynasty in the year of 686 A.D.“, cuja tradução seria: “WON HYO: foi o notável monge que introduziu o budismo na dinastia Silla no ano de 686 d.C“.

Em alguns manuais/apostilas utilizados por algumas associações de Taekwon-Do ITF brasileiras, encontramos a seguinte tradução:

WON HYO: foi o notável monge que introduziu o budismo na Coréia, durante a dinastia Silla, no ano de 686 d.C.

O acréscimo, nesta tradução, das palavras em destaque, altera o significado da frase original e traz para o currículo apresentado a alguns praticantes desta Arte Marcial um erro sobre a história da Coréia ao transmitir aos alunos a ideia de que o budismo teria sido apresentado à nação coreana pelo monge chamado Won Hyo. A frase original remete apenas à suposição de que, no período em que o reino de Silla começou a exercer a sua hegemonia política sobre a nação coreana, o monge Won Hyo teria apresentado aos seus líderes o budismo.

Uma gravura com a imagem do monge Won Hyo.

Uma gravura com a imagem do monge Won Hyo.

O budismo já estava presente na cultura coreana há muito mais tempo, desde o período conhecido como dos “Três Reinos” (Koguryo, Silla e Paekche) e, segundo o historiador estadunidense Bruce Cumings, o budismo teria sido adotado como religião oficial do reino de Silla por volta do ano de 535 d.C., muitos anos antes do nascimento do monge Won Hyo (617 d.C.).

“… and the adoption of Buddhism as the state religion around 535 (Paekche and Koguryo adopted Buddhism earlier).” (Korea’s Place In The Sun – A Modern History; Bruce Cumings – 2005)

Um excelente livro sobre a história das Coreias escrito pelo pelo pesquisador estadunidense Bruce Cumings.

Um excelente livro sobre a história das Coreias escrito pelo pelo pesquisador estadunidense Bruce Cumings.

Ao buscarmos na internet a biografia do monge Won Hyo, encontramos bons textos na Wikipedia (http://en.wikipedia.org/wiki/Wonhyo) e no site Korean Buddhism (http://www.koreanbuddhism.net/master/priest_list.asp?cat_seq=10), entre outras fontes. É interessante notar que todas as referências a este personagem indicam o seu falecimento no ano de 686 d.C., o mesmo em que, pela historiografia oficial do Taekwon-Do ITF, ele teria supostamente introduzido o budismo na dinastia Silla.

Estas questões históricas não diminuem em nada a importância das contribuições do monge Won Hyo para a filosofia e a religiosidade coreanas e também não afetam a qualidade técnica do Taekwon-Do Tradicional. No entanto, como o fundador da ITF expressou várias vezes que esta Arte Marcial deveria contribuir para a divulgação da cultura e da história das Coreias, é essencial que os seus praticantes estejam atentos às atualizações que as pesquisas acadêmicas trazem aos temas concernentes ao Taekwon-Do Tradicional.

Bons dias !!!

Sabum Nim Eduardo Godoi (4o. Dan)

Ch’ang Hon Ryu Taekwon-Do Brasil
Rua Armando Steck, 408 – sala 3 – Centro – Louveira – SP – CEP 13.290-000

KWAN: Os Instrutores de “Karatê Coreano” e as origens do Taekwon-Do

por Diego Falcade

Na primeira metade do século XX muitos lutadores coreanos imigraram para a China ou Japão, já que na Coreia era proibido praticar artes marciais. Lá trabalhavam ou lutavam contra o seu próprio país.

Na China e no Japão, os coreanos podiam usar ou praticar artes marciais. É difícil descrever o período que o Taekwon-Do se encontrava em formação, já que ocorrências importantes raramente eram escritas em papéis e, quando era, a maioria dos registros foi destruída.

Depois do domínio do Japão, pelo menos cinco ou seis kwans foram criados entre 1940 a 1950. Um dos primeiros a estabelecer um ambiente estável de treino foi Won Kuk Lee, nascido em 13 de abril de 1907.

CLIQUE AQUI PARA LER O TEXTO NA ÍNTEGRA

Em 1946, houve tentativas de unificar as artes marciais. A data conhecida como o nascimento do Taekwon-Do é 11 de abril de 1955. Nesse dia um grupo de influentes homens entraram em conferência com o propósito de arranjar um nome para esse novo esporte, sendo proposto o nomeTaekwon-Do.

Choi escolheu o nome por ter ligação com os chutes e socos. No começo acharam muito parecido com “taekkyon” mas, depois concordaram.

Em 1959, Choi convocou uma outra reunião com os líderes dos Kwan, para recomeçar uma união.

Em 1965 Choi voltou para a Coréia após ter sido nomeado Embaixador da Malásia. Percebeu então, que o Tae Soo Do era a mesma arte marcial que ele tinha criado com outro nome, por isso sugeriu que o nome voltasse a ser Taekwon-Do  e assim ocorreu.

Em 22 de março de 1966, o Taekwon-Do atingiu o seu lugar como arte marcial global, após a criação da Intenational Taekwon-Do Federation.

BIBLIOGRAFIA

COOK, Doug. Taekwondo Tradicional: Técnicas Essenciais, História e Filosofia; tradução, Marcos Malvezzi. São Paulo: Madras, 2011

Boosabum Diego Falcade (1o. Dan)

Ch’ang Hon Ryu Taekwon-Do Brasil
Academia Shaolin – Louveira – SP
Rua Armando Steck, 294 – sala 2 – Centro

Esclarecimento dos constantes equívocos sobre a história do Taekwon-Do / Taekwondo na internet

por Luiz Carlos Silva

EQUÍVOCOS:

1) A Moo Duk Kwan foi fundada em 1947.

2) Em 1952 aconteceu a famosa demonstração dos peritos militares da 29ª Divisão de Infantaria para o 1º presidente da República da República

3) A OH Do Kwan foi fundada em 1955.

4) A Korea Taekwondo Association foi fundada em 1961.

5) CHI DO KWAN e JI DO KWAN, são escolas diferentes.

6) A 1ª excursão para demonstrar a arte do Taekwondo para fora da República da Coréia ocorreu no ano de 1965.

O CORRETO:

1)  A Moo Duk kwan foi fundada exatamente no dia 09 de novembro do ano de 1945, pelo GM Hwang Kee, sempre lembrando que ele nasceu exatamente no dia 09 de novembro do ano de 1914 e faleceu em 14 de Julho de 2002

2) A famosa demonstração da arte para o 1º presidente da Coréia do Sul, ocorreu no ano de 1954, e nem poderia ter ocorrido no ano de 1952, pois a demonstração foi realizada pelos peritos militares da 29ª Divisão de Infantaria do Exército da República da Coréia. A 29ª Divisão de Infantaria foi fundada pelo General Choi Hong Hi exatamente no 2º semestre de 1953, portanto nem existia em 1952.

3) Conforme o General Choi (1918-2002) disse em muitas e muitas oportunidades a Oh Do Kwan  foi estabelecida pelo próprio General Choi no 2º semestre do ano de 1954 logo após a famosa demonstração para o 1º presidente da República da Coréia Dr. Syng Man Rhee(1875-1965), e no próximo ano 1955 em 11 de Abril ocorreu a famosa conferência, onde foi sugerido oficialmente o nome Taekwondo pelo General Choi.

4) A Korea Taekwondo Association foi fundada pelo General Choi Hong Hi exatamente no dia 03 de Setembro do ano de 1959.

5) Chi Do Kwan e Ji Do Kwan é a mesma palavra, ocorre uma diferença de pronúncia tradução para a letra J e Ch (X). Alguns que postaram na Internet colocaram erroneamente como duas escolas distintas, este erro  já foi muitas vezes esclarecido na Internet.

6) A 1ª Excursão de peritos de Taekwondo para demonstrar a arte fora da República da Coréia, ocorreu no mes de março do ano de 1959. Foi exatamente em Taiwan e Vietnã. Foi uma equipe de peritos militares convidados oficialmente por estes países para lá demonstrar a arte já com o nome Taekwondo. O chefe da missão foi o General Choi Hong Hi.

É importante ressaltar que em 1965 ocorreu a 1ª Excursão de Peritos Civis (Good Will tour) foram eles (peritos):

Han Cha Kyo, Kim Jun Kun, Kwon Jae Hwa e Park Jong Soo para demonstrar o Taekwondo para fora da Coréia do Sul, em missão oficial do governo sul coreano tendo sido designado o general Choi Hong Hi como chefe da missão.

Sejong

por Luiz Carlos Silva

Sejong (1397-1450) “O grande”, é o nome do 4º rei da dinastia Chosun cujo reinado foi de 18 de Setembro de 1418 a 18 de maio de 1450. Considerado um dos mais notáveis e importantes reis na história da península, em cujo reinado foi inventado o famoso e eficientíssimo alfabeto fonético Hangul no ano de 1443 d.C. e proclamado em 1446 um dos mais práticos, perfeitos, científicos e precisos sistemas de escrita já concebidos, inicialmente com 28 letras e depois resumidas para 24 e que propiciou a Coréia um dos mais altos índices de alfabetização, ele também deu início a um impressionante desenvolvimento nos campo da: ciência, filosofia, música e tecnologia, também durante seu reino, a fronteira do norte onde hoje se localiza a República Democrática Popular da Coréia foi consideravelmente expandida. Além do mais em sua gestão houve grande avanço na área da meteorologia, tendo sido inventado em 1442, o primeiro pluviômetro da história humana.

Moon Moo

por Luiz Carlos Silva

Moon Moo (Munmu) filho do rei Muyeol, e sobrinho do General Kim Yoo Shim, período de reinado de 661 a 681, foi o 1º rei de Silla UNIFICADA, o qual completou a unificação dos 3 reinos:  Koguryo, Baekje, Silla. Conforme pedido do próprio Moon, seus restos mortais (cinzas) foram guardados em uma urna a qual foi colocada no fundo das águas de uma pequena ilha rochosa, de aproximadamente 200 metros de circunferência no mar leste, embaixo de uma rocha de granito, justamente no centro desta ilhota, onde a localização (disposição) das rochas formam uma espécie de piscina bem no meio desta ilhota, a cerca de 100 metros da costa coreana nas proximidades da praia Bonggil-li, Kyongju, província de Gyeongsangbuk-do, pois em sua visão  sua alma se tornaria um dragão justamente para lutar defendendo suas terras dos invasores japoneses.

Foto ampliada da ilhota de rocha no mar leste, justamente no meio forma-se uma espécie de piscina onde no fundo foi colocada a urna com as cinzas do rei Moon Moo.

Foto ampliada da ilhota de rocha no mar leste, justamente no meio forma-se uma espécie de piscina onde no fundo foi colocada a urna com as cinzas do rei Moon Moo.

Kwang Gae

por Luiz Carlos Silva

Kwang Gae Toh Dae Wang (374-413) foi o 19º rei de Koguryo, nascido em 374 e falecido em 413, cujo período de reinado foi de 391 a 413. Desde jovem foi sempre muito destemido e ambicioso e ficou conhecido como um grande conquistador, ou seja, conquistou grandes extensões de terras, inclusive quase toda a região da Manchúria e parte da Mongólia interior.

Segundo registros que constam em sua lápide, ele conquistou 1400 aldeias e 65 castelos. Sua filosofia expansionista foi herdada por seu filho Jang So Wang (394-491), 20º rei de Koguryo, reinado de 413 a 491, o qual fortaleceu muito o Exército e invadiu nações próximas assim aumentado ainda mais as terras de Koguryo tornando um grande império.

Em 414 o filho mais velho de Kwang, mandou construir um monumento em granito de mais de 6 m de altura por aproximadamente 4 m de circunferência em homenagem a seu pai, este memorial encontra-se em tempos modernos em Jian (antiga Gungnae) Prefeitura (Divisão Administrativa) de Tong Hua, província de Jilian, nordeste da China (antiga região da Manchúria) próximo ao rio Yalu que faz divisa com a República Democrática Popular da Coréia.